Resumo novela “Chiquititas” 15/01: Carol ganha a guarda de Dani

chiquititasResumo novela “Chiquititas” 15/01: no capítulo 350(*) da novela “Chiquititas”, resumo de segunda-feira, 15 de janeiro, Carol diz para Dani que ela jamais estará sozinha. Miguel conta que levará Gabriela, que está sem memória, para um lugar especial. Samuca diz para Cris que os dois precisam anunciar o fim do namoro de mentira. De volta à escola, Vivi chama a atenção de todos os alunos que a reconhecem dos catálogos de moda e pedem para tirar fotos. Marian não gosta da situação. Mosca, Rafa, Binho e Thiago fazem a prova final para recuperarem a nota. Miguel leva Gabriela até uma cachoeira aonde deram o primeiro beijo.

Cris finge um termino de namoro com Samuca na frente de todas as chiquititas. Bruno e Carol se enfrentam na audiência pela guarda de Dani. Após escutar ambos os lados, Dani é chamada para falar sua opinião. Dani diz ao juiz que gostaria de ficar com Carol. Marian exige que as pequeninas devolvam o dinheiro dela com juros que equivalem a cinco vezes do valor emprestado. O juiz dá a guarda de Dani para Carol. Ana revela o ocorrido para Bia, que se revolta. Bia toma a frente da situação e enfrenta Marian. As pequenas chamam Bia de heroína. O comercial que Vivi participou em Porto Alegre é exibido na TV. Rafa, Bel, Mosca e Janu vão até a sorveteria.

Novela “Chiquititas”: resumo dos próximos capítulos

(*) edição do SBT, Novela “Chiquititas”, sujeito a alteração de data e conteúdo.

...

Chiquititas gira em torno do orfanato Raio de Luz, que carrega em sua história um grande segredo envolvendo a família e o dono do orfanato, Dr. José Ricardo Almeida Campos. Em um período anterior à novela, exatos treze anos, sua filha Gabriela se apaixonou e ficou grávida de Miguel, filho de Valentina, empregada da casa dos Almeida Campos. Pouco depois, José Ricardo sequestrou sua neta, pois, como um homem conservador, ele não aceitava a ideia de que sua filha se envolvesse com um empregado. Como sua neta, Milena, apelidada como Mili, precisava de um lugar para morar, ele comprou um casarão e fundou um orfanato, o Raio de Luz.

Mili cresceu lá com outras garotas que chegaram posteriormente: Bia, Ana, as irmãs Tati e Vivi, e Cris. Ao decorrer dos anos, elas se tornam uma família. Elas são supervisionadas por Ernestina, zeladora do orfanato, e Chico, o cozinheiro amado pelas internas. Sofia, ex-governanta da família Almeida Campos, é a diretora do lugar, até que Carmem, irmã de José Ricardo, entre em seu lugar. Chegam ainda mais órfãos: Pata, Mosca, Binho e Rafa, que viviam nas ruas antes de entrarem na instituição. Pata e Mili tornam-se amigas rapidamente, enquanto Mosca, Binho e Rafa são os primeiros garotos a entrar no abrigo. As crianças sem-teto foram ajudadas por uma doce e bela garota que tocam e mudam a vida delas, assim como as das garotas órfãs.