Resumo novela “Salve-se Quem Puder” 15/02: Petra conhece Kyra/Cleyde

Rafael se emociona quando Alexia/Josimara reproduz o áudio gravado por Kyra.

Resumo novela “Salve-se Quem Puder” 15/02: no capítulo 018(*) da novela, sábado, 15 de fevereiro, Rafael se emociona quando Alexia/Josimara reproduz o áudio gravado por Kyra. Juan convence Mário a participar do concurso de culinária promovido por Martinez. Alexia/Josimara assiste à entrevista de Petra e fica revoltada com o depoimento da irmã. Marieta simpatiza com Alexia/Josimara. Tammy tenta convencer Bia a se afastar de Tarantino.

Publicidade

Alexia/Josimara garante a Kyra que Rafael continua apaixonado por ela. Gabi beija Juan, que não corresponde. Luna/Fiona lembra de Téo. Dionice incentiva Bia a namorar Tarantino. Téo e Úrsula discutem. Tammy seduz Tarantino no vestiário do ginásio. Dominique elogia Renzo por seu trabalho. Alan apresenta Kyra/Cleyde, a nova babá das crianças, para Petra.

(*) edição da Rede Globo, Novela “Salve-se Quem Puder”, sujeito a alteração de data e conteúdo.

Publicidade

“Salve-se Quem Puder”: resumo dos próximos capítulos da novela

Sinopse “Salve-se Quem Puder”: Três mulheres com novas identidades e uma única certeza: suas vidas estão entrelaçadas para sempre. Salve-se Quem Puder conta a história de Alexia (Deborah Secco), Luna (Juliana Paiva) e Kyra (Vitória Strada), que ingressam no Programa de Proteção à Testemunha e mudam de vida após presenciarem um crime. Para sobreviver, elas mudam o nome, a aparência, o estilo de vida e vão morar na fictícia Judas do Norte, no interior de São Paulo, depois que são dadas como mortas.

Alexia vira Josimara, Luna assume o nome de Fiona e Kyra é Cleyde, novas pessoas com um padrão de vida bem diferente. Elas serão acolhidas por uma família protetora – que não sabe nada sobre o passado delas – e vão precisar seguir regras rígidas para permanecerem no programa. A primeira delas é a interrupção imediata de qualquer tipo de contato com conhecidos, por isso, celulares e rede sociais são proibidos, assim como frequentar os mesmos lugares e cultivar hábitos do passado.

Publicidade