Resumo novela “Éramos Seis” 17/02: Inês se alista para trabalhar na revolução

Shirley afirma a Durvalina que reconquistará Afonso

Resumo novela “Éramos Seis” 17/02: no capítulo 120(*) da novela, segunda-feira, 17 de fevereiro, os soldados são treinados para a guerra. Lúcio é promovido a segundo tenente. Inês se alista para trabalhar como enfermeira na revolução e Shirley não gosta. Genu comenta com Lola que Afonso sente sua falta no armazém. Emília reprova a iniciativa de Adelaide. Felício revela a Isabel que Zulmira não aceitou a separação.

Shirley afirma a Durvalina que reconquistará Afonso e sua família. Julinho decide escrever uma carta para Lili sobre o noivado dos dois. Gusmões alerta Almeida sobre o perigo que ronda Itapetininga. Maria sofre ao ver Clotilde com Francisco. A guerra é iniciada.

Resumo “Éramos Seis”: próximos capítulos da novela

(*) edição da Rede Globo, Novela “Éramos Seis”, sujeito a alteração de data e conteúdo.

“Éramos Seis” – Casada com Júlio (Antonio Calloni), Lola (Gloria Pires) é uma esposa devotada e mãe de quatro filhos: Carlos (Xande Valois/ Danilo Mesquita), o mais velho e motivo de orgulho para os pais; Alfredo (Pedro Sol/ Nicolas Prattes), rebelde que vive se metendo em confusões e tem ciúmes do irmão; Isabel (Maju Lima/ Giullia Buscacio), determinada e independente, é a favorita do pai – por ser a única filha mulher; e Julinho (Davi de Oliveira/ André Luiz Frambach), o caçula da família – que desde criança demonstra habilidade para lidar com dinheiro.

A história começa com Lola e Júlio passando sufoco para poder pagar as parcelas do casarão que compraram em São Paulo. O primeiro bem do casal sai mais caro do que eles previam por causa dos altíssimos juros do financiamento bancário. O imóvel acaba gerando um impasse entre eles: para ela, o local é a alma da família. Para ele, um empecilho para melhorar de vida.