Resumo novela “Cúmplices de um Resgate” 21/01: Regina impede que Otávio vá a mansão

Aurora e Fortunato pensam em soluções para fazer com que Priscila volte a comer.

Resumo novela “Cúmplices de um Resgate” 21/01: no capítulo 273(*) da novela, terça-feira, 21 de janeiro, No capitulo 273, terça-feira, 21 de janeiro – Aurora e Fortunato pensam em soluções para fazer com que Priscila volte a comer. Frederico conta para Lurdinha que descobriu que Berta tem contato com Safira e que isso é estranho. O estilista diz que Berta odeia Rebeca e que acha que as duas estão armando alguma coisa. Frederico chama Lurdinha para que juntos descubram se existe alguma armação. Fiorina conta para Antonella que viu Giuseppe com Nina. A italiana imagina o que pode ter acontecido antes dela chegar e pensa que Giuseppe fez até massagens nos pés de Nina. Isabela descobre que Marta não está mais no Vilarejo. Fortunato convida a banda C1R para lanchar em sua casa junto com Priscila. Navarro é o dono da mobilete que Dinho quebrou e ameaça o porteiro a devolver a mobilete arrumada. Dinho pede ajuda pra Meire, que nega o empréstimo de dinheiro.

Publicidade

Priscila não se alimenta, mesmo com os amigos em casa. Raul avisa Regina que Otávio irá lanchar na mansão para conhecer Isabela. Regina manda os capangas darem um jeito para que Otávio não chegue na mansão. Fortunato e Aurora pedem para André, Joaquim e Felipe ajudarem Priscila a voltar a se alimentar. A única pessoa que consegue fazer a menina comer um pouco é Joaquim. Otávio decide ir embora com tanta enrolação dos capangas. Dinho decide inscrever Bartolomeu em um concurso de beleza de gatos para tentar conseguir o prêmio surpresa, que pensa ser dinheiro para poder comprar a mobilete. Raul descobre as grades no quarto de Isabela e pergunta para Regina o que significa aquilo.

(*) edição do SBT, Novela “Cúmplices de um Resgate”, sujeito a alteração de data e conteúdo.

Novela “Cúmplices de um Resgate”: resumo dos próximos capítulos

“Cúmplices de um Resgate” – Duas irmãs gêmeas univitelinas que foram separadas após nascimento, se reencontram somente após doze anos. Manuela, uma das gêmeas, é doce, meiga, gentil, e muito talentosa para a música e tem uma voz encantadora. Vive uma vida feliz no Vilarejo dos Sonhos, onde mora com sua avó Nina, sua tia Helena e sua mãe Rebeca, que dá muito amor e carinho a filha por ela nunca ter tido um pai, e ela é a mãe biológica das duas garotas, mas nunca soube que teve gêmeas.