Na reta final da novela “Cordel Encantado”, chega o dia tão esperado por Timóteo (Bruno Gagliasso): seu casamento com Açucena (Bianca Bin). A princesa entra na igreja amarrada, chorando muito. Estão presentes apenas Zóio-Furado (Tuca Andrada), Penélope (Paula Burlamaqui), que tira fotos da cerimônia, e alguns jagunços que levam Jesuíno (Cauã Reymond) amarrado.

Quando Timóteo e Açucena estão no altar, Padre Joaquim (Genézio de Barros) surpreende: “Não, Timóteo! O matrimônio é um ato abençoado por Deus. E Nosso Senhor jamais abençoaria uma união onde a noiva sobe ao altar amarrada! Por isso, eu me recuso a celebrar seu casamento com Açucena”.

Timóteo fica furioso e ameaça matar o padre, que continua firme em sua decisão. Então, ele ordena que arranjem outro padre. Penélope entra na confusão: “Conheço um padre nos arredores… Posso ir buscá-lo, se o senhor quiser”. Timóteo consente.

Açucena e Jesuíno ficam indignados com a atitude da jornalista em ajudar o coronel.

Penélope traz um novo pároco para realizar a cerimônia. O que ninguém sabe é que se trata de Silvério (Maurício Machado), o ator de cinema, disfarçado.

Açucena e Jesuíno ficam revoltados, sem entender por que Penélope resolveu ajudar o coronel. Silvério começa a cerimônia e Timóteo fica desconfiado: “Já vi sua cara, padre. Só não estou atinando onde…”

Com pressa o coronel manda seguir o casamento. Depois de muita ladainha, o falso padre pergunta se alguém tem algo a dizer que possa impedir o matrimônio. Jesuíno se manifesta e Timóteo ordena que os jagunços o amordacem.

Silvério prossegue com o teatro e Açucena se recusa a aceitar Timóteo como seu marido. Ele se revolta e responde por ela: “(…) É sim, padre, Ela me aceita, sim!”. Timóteo coloca a aliança em Açucena e a beija à força. Desesperado, Jesuíno tenta se soltar.

Timóteo posa para uma foto de Penélope e declara: “Mas seja rápida! Não vejo a hora de dar o presente de casamento que prometi à minha rainha: o enforcamento de Jesuíno!”.

Novela “Cordel Encantado”: resumo dos próximos capítulos

Sinopse “Cordel Encantado”: Augusto e sua rainha vivem uma vida harmoniosa e feliz, sem imaginar que estão cercados por dois vilões: Úrsula (Débora Bloch), cunhada do rei, e Nicolau (Luiz Fernando Guimarães), o atrapalhado mordomo da corte. A bela, elegante e sofisticada duquesa é a pessoa mais perigosa e falsa de todo o reino. Ajudada por Nicolau, seu amante, Úrsula deseja se tornar rainha. E a viagem a Brogodó é a chance que a duquesa sempre quis para se livrar de Cristina e da princesa.

A sede de poder da dupla de vilões é crescente: no Brasil, para onde se muda com a corte europeia, o casal continua a planejar e executar planos para conseguir o que quer. No decorrer da novela, revela-se que Lady Cecília (Sofia Terra), que Úrsula criava como sobrinha, é filha da vilã com o general Baldini (Emílio de Mello), militar do exército de Seráfia do Norte.

Fonte Rede Globo “Cordel Encantado”