Novela “O Sétimo Guardião”: Mirtes (Elizabeth Savala) exagera na bebida, discute com Ondina (Ana Beatriz Nogueira) e é expulsa da pousada. A encrenqueira decide se abrigar na mesma cabana abandonada em que Milu (Zezé Polessa) foi assassinada.

No local, a beata recebe uma missão. O espirito de Milu aparece, manda Mirtes  se apossar de tudo o que era dela e a beata estranha: “Você quer que eu assuma a sua loja? Aquele antro de bruxaria? Só pode ser piada!”

Milu confirma: “Acha que viajei milhares de anos-luz e fiz a travessia de um plano para o outro só para fazer uma pegadinha? Estou falando sério! Todas as confusões que armou até agora foram por causa do conflito entre as duas pessoas que moram aí dentro. Tem a Mirtes que pode cultivar o lado sensitivo e a outra que prefere abafar isso, bancando a beata e fazendo loucuras”.

Elas discutem, mas Mirtes psicografa uma carta na qual Milu a nomeia como sua herdeira. O cartório reconhece a assinatura e confirma a autenticidade do documento. 

Mirtes assume a nova função, muda o visual e começa a ver o futuro das pessoas na bola de cristal. Cena prevista para 25 de abril, na novela “O Sétimo Guardião”

Novela “O Sétimo Guardião”: resumo dos próximos capítulos Sinopse “O Sétimo Guardião”: À primeira vista, Serro Azul pode parecer apenas mais uma típica cidade do interior, pacata e cercada por montanhas, onde avanços tecnológicos como internet e telefonia celular ainda não chegaram. Um lugar pelo qual quem passa não dá muita atenção, sem saber o que está perdendo, afinal, uma cidade que é vizinha de Greenville e Tubiancanga não poderia deixar de ter suas peculiaridades. A principal delas é uma fonte com propriedades curativas e rejuvenescedoras, que é a parte mais externa de um gigantesco aquífero, uma enorme reserva daquilo que a cada dia se torna o bem mais precioso da Terra: a água. Essa fonte é protegida por sete guardiães que têm como missão garantir que essa riqueza não chegue às mãos erradas.