Novela “Cordel Encantado”: Úrsula (Débora Bloch) tenta matar Açucena (Bianca Bin) e procura o caminho de volta com Nicolau (Luiz Fernando Guimarães). Eles se deparam com Tibungo (Land Vieira) e Timóteo (Bruno Gagliasso), a duquesa diz que foi atacada por cangaceiros e conta sobre o acidente. Timóteo vai à procura da jovem e encontra Farid (Mouhamed Harfouch) tentando socorrer Açucena. Eles a levam para a fazenda, onde poderá ser medicada.

Virtuosa (Ana Cecília Costa), Euzébio (Enrique Diaz) e Jesuíno (Cauã Reymond) ajudam a levar Açucena para o quarto. O noivo da moça acusa Timóteo: “Você fez alguma coisa com ela, não fez? (…) Sai desse quarto, Timóteo! Me deixa aqui com minha noiva”.

Euzébio questiona Virtuosa: “É pecado deixar que ela morra sem saber a verdade. Nós não temos esse direito. Tu vai deixar ela morrer (…) sem saber que é filha do rei?”.

Virtuosa conta a verdade para o Rei e Açucena (Bianca Bin) descobre que é a princesa desaparecida. Ela fica muito confusa com a grande reviravolta em sua vida, mas vai morar no palácio.

Sinopse “Cordel Encantado”: Augusto e sua rainha vivem uma vida harmoniosa e feliz, sem imaginar que estão cercados por dois vilões: Úrsula (Débora Bloch), cunhada do rei, e Nicolau (Luiz Fernando Guimarães), o atrapalhado mordomo da corte. A bela, elegante e sofisticada duquesa é a pessoa mais perigosa e falsa de todo o reino. Ajudada por Nicolau, seu amante, Úrsula deseja se tornar rainha. E a viagem a Brogodó é a chance que a duquesa sempre quis para se livrar de Cristina e da princesa.

A sede de poder da dupla de vilões é crescente: no Brasil, para onde se muda com a corte europeia, o casal continua a planejar e executar planos para conseguir o que quer. No decorrer da novela, revela-se que Lady Cecília (Sofia Terra), que Úrsula criava como sobrinha, é filha da vilã com o general Baldini (Emílio de Mello), militar do exército de Seráfia do Norte.

Fonte Rede Globo “Cordel Encantado”