Resumo novela “Celebridade” 16/02: Maria Clara demite Laura

Resumo novela “Celebridade” 16/02: no capítulo 054(*) da novela “Celebridade”, resumo de sexta-feira, 16 de fevereiro, Lineu concorda em empregar Laura e manda Renato encontrar um lugar para ela. Laura se interessa em saber mais sobre Evaldo Correa, um rico empresário do sul que tem interesse em se associar com Maria Clara. Maria Clara demite Laura e o faz friamente. Laura tenta argumentar, mas é inútil. Vladimir faz uma campanha para uma grife. Cristiano briga com Zeca por ele ter se jogado no poço de propósito, mas acaba abraçado a ele, chorando. Lineu se oferece para organizar a festa de aniversário de Corina.

Laura vai embora da firma, levando um pré-contrato e o telefone do empresário sulista. Laura garante a Iara que vai voltar. Jaqueline faz as unhas de Lineu. Lineu lê a carta forjada em que Corina pede um apartamento para a filha. Maria Clara fica alerta ao saber que sumiram os documentos. Laura se insinua e conhece Evaldo na beira da piscina. Maria Clara chega e senta-se com eles.

Novela “Celebridade”: resumo dos próximos capítulos

(*) edição da Rede Globo, Novela “Celebridade”, sujeito a alteração de data e conteúdo.

A trama tem como eixo central a rivalidade entre duas mulheres: a bem-sucedida empresária e ex-modelo Maria Clara Diniz, dona da produtora Mello Diniz, e a dissimulada e ardilosa Laura Prudente da Costa, que se aproxima de Maria Clara dizendo ser sua maior admiradora e consegue um emprego em sua empresa, tramando na verdade tomar posse de tudo que é seu. Para realizar o plano de destruir a rival, Laura conta com a ajuda de Marcos, seu namorado e cúmplice. Eles começam a trabalhar, respectivamente, como assistente e motorista de Maria Clara, e aos poucos vão se infiltrando na vida da celebridade. A dupla de vilões – a Cachorra e o Michê, como Laura e Marcos se chamavam mutuamente – planeja cada passo cuidadosamente para que Maria Clara seja derrubada e caluniada.

...

Apenas em um certo ponto da trama é explicado que a razão do ódio é, na verdade, vingança. A canção Musa de Verão – uma espécie de Garota de Ipanema –, que tornara Maria Clara famosa e rica, é uma fraude e não foi escrita por Wagner, falecido noivo da empresária, nem teve Maria Clara como inspiração. A canção foi composta pelo padrasto de Laura, Ubaldo, em homenagem à sua mãe Marília, porém foi roubada por Wagner, que a registrou e lançou como obra sua e colocou Maria Clara como sua musa inspiradora. O roubo da canção contou com a ajuda de Ernesto, irmão de Wagner, e do empresário Lineu, que tirou proveito da tramoia. Enquanto isso Laura viu sua família ruir e amargar uma vida miserável na pobreza. Ubaldo matou Wagner para vingar-se e passou 15 anos na prisão, enquanto a mãe de Laura morreu após uma depressão desenvolvida pelo acontecimento, deixando a garota criando-se sozinha, vivendo de caridade e planejando vingar-se daqueles que destruíram sua família.