Resumo novela “Belíssima” 16/07 : no capítulo 027(*) da novela “Belíssima”, resumo de segunda-feira, 16 de julho, Nikos devolve o brinco que Júlia esqueceu em sua casa. Os dois se emocionam. Vitória confessa para Júlia que não quer que Nikos retorne à Grécia. Cemil briga com Alberto e leva Mônica embora. Safira avisa para Takae que tudo acabou entre eles. Suzi garante ao pai que conhece um modo dos dois se reconciliarem. Safira não vai à oficina por causa da vigilância de Tosca. Bia liga para Érica, em Londres, e diz que ela tem que impedir o casamento da mãe. Vitória aceita o convite para trabalhar na Physical. Cemil manda Alberto ficar longe de Mônica. André surpreende os dois discutindo.

Takae pede que Safira cuide da reforma da quitanda para se tornar um sushi-bar. André fica surpreso quando Cemil conta que está apaixonado por Mônica. Cemil acusa André de ter maquinado tudo para se aproximar de Júlia, mas ele nega. Katina vai ao encontro de Nikos, que pergunta ansioso pelo filho. Alberto exige que Mônica converse com ele. Cemil aguarda Mônica. Mateus olha o convite que o pai recebeu para o casamento de Júlia. Bia chega na festa atrasada, e avisa a Gigi que o casamento poderá não acontecer. Érica chega de surpresa e diz à mãe que ela não pode se casar.

Novela “Belíssima”: resumo dos próximos capítulos

(*) edição da Rede Globo, Novela “Belíssima”, sujeito a alteração de data e conteúdo.

Simpática, bem-sucedida e discreta, Júlia Assumpção é presidente da Belíssima, referência mundial no setor de roupas íntimas. Sua avó, Bia Falcão, a pressiona para se tornar parecida com a mãe, Stella Assumpção – que foi uma modelo bastante famosa, mito de beleza na década de 1960. Fundadora da marca Belíssima, Stella morreu em um acidente de avião junto com seu marido, deixando órfãos Júlia e Pedro. Desde então, Bia Falcão se tornou responsável pelos dois, tendo-os criado. Até hoje tenta controlar a vida deles. Em casa, Júlia só encontra apoio no tio, Argemiro Falcão, vulgo Gigi, e na governanta, Matilde. Bia faz de tudo para Júlia se sentir culpada pela morte dos pais.

A vilã fará de tudo para acabar com os romances de Pedro com Vitória, uma ex- menina de rua que ele escolheu para ser sua esposa, com quem tem uma filha, e Vitória será perseguida pela vilã durante toda a trama, porém, sem perder a fibra e a coragem; e de Júlia com André Santana. Este, apesar de não parecer inicialmente, é um grande e terrível vilão, diabólico e ambicioso, que almeja ser dono da Belíssima em conjunto com seu pai, Aquilino Santana, o seu Quiqui, que aparenta ser um bom velhinho, mas é, na verdade, um bandido da pior espécie, ex-matador de aluguel. André vai se envolver com Júlia e com a filha de Júlia, Érica, uma mulher fútil e perversa como a bisavó Bia Falcão. Érica é aspirante a modelo.