Novela “Deus Salve o Rei”: Afonso (Romulo Estrela) é mandado à pedreira da morte para realizar trabalhos forçados. Lá, ele reencontra Cássio (Caio Blat), Tiago (Vinícius Redd) e Constantino (José Fidalgo), que faz de tudo para infernizar a vida dele durante o cumprimento da pena. Os dois inimigos, no entanto, percebem que o único jeito de escapar do local é se juntarem forças. Na fuga, Afonso, Constantino, Tiago e Cássio são perseguidos pelos guardas, e o ex-comandante do exército é atingido por uma flecha. Afonso recua, mas Cássio pede que ele salve seu povo. Os três fugitivos partem e o feitor crava sua espada em Cássio, que cai morto de joelhos.

Fonte Rede Globo – nos próximos capítulos da novela “Deus Salve o Rei”, Ulisses toma a frente da equipe da cozinha com a ausência de Brumela. Selena despista Catarina, o caçador e os soldados. Mirtes deixa o convento. Romero encontra o arco de Levi na mata. Selena usa seus poderes para impedir que os guardas encontrem Afonso, Amália e Levi. Catarina designa Ulisses como o novo comandante da cozinha do castelo. Agnes leva Afonso e Amália para se esconder em uma caverna. Brumela diz a Betânia que trabalhará no campo. Virgílio pressiona Diana a contar o que sabe sobre o paradeiro de Amália.

Diana enfrenta Virgílio e ameaça contar ao rei sobre o seu caso com a rainha. Lucíola revela a Catarina sobre a conversa que escutou de Virgílio e Diana, e a rainha conclui que eles estão traindo sua confiança. Lucrécia sugere à Madre Benedita que a quermesse seja realizada em Montemor. Brumela decide abrigar Afonso, Amália e Levi. Ulisses repreende Selena por ter contado a Diana onde Amália está refugiada. Lucíola diz a Catarina que viu Diana se preparando para sair a cavalo.

Catarina manda Delano seguir Diana. Diana vai à casa de Brumela ver Amália. Glória se desespera ao acordar com sua aparência antiga. Os conselheiros de Rodolfo avisam ao prisioneiro Enoque que sua vida será poupada, mas deverá deixar Montemor. Glória come novamente o fruto encantado. Agnes mostra a Selena os homens que estão a sua procura. Afonso afirma a Otávio, rei de Lastrilha, que precisa de sua ajuda.

O rei Otávio promete marcar um encontro com os outros reis de Cália. Diana facilita a entrada de Virgílio no quarto de Catarina, e o comerciante descobre uma carta sobre a prisão de Augusto. Virgílio entrega a Elói uma carta para ele entregar ao remetente, caso lhe aconteça algo. Olegário dá razão a Lupércio e decide terminar o namoro com Matilda. O rei Otávio oferece a Rodolfo informações sobre o paradeiro de Afonso em troca de um melhor acordo comercial entre o reino de Montemor e Lastrilha.

Otávio revela a Rodolfo o interesse de Afonso em fazer alianças com os reinos da Cália para derrubá-lo do trono de Montemor. Virgílio conta a Catarina que Rodolfo irá capturar Afonso. Selena avisa a Amália que Afonso será traído. Osiel reclama da forma como Glória ofende as pessoas e desiste de se casar com ela. Olegário confessa a Lucrécio que não teve coragem de terminar o namoro com Matilda. Afonso constata que foi traído por Otávio. Rodolfo ordena que os guardas prendam o irmão. Catarina ameaça Diana.

Catarina orienta Delano a ir atrás de Amália. Catarina diz a Lucíola que, em breve, precisará se livrar de Virgílio. Diana alerta Virgílio sobre o perigo que Amália corre. Rodolfo atende ao pedido de Afonso e decide anistiar Amália e Levi. Rodolfo orienta que Afonso seja levado para a pedreira. Amália se esconde na floresta com Levi ao ver Delano se aproximar da casa de Brumela. Lucrécia e uma comitiva de freiras visitam Rodolfo. Virgílio aprisiona Amália e Levi e os leva para uma cabana afastada na floresta.

Rodolfo promete a Lucrécia uma doação para o convento. Lucrécia, Heráclito e Latrine se hospedam na taverna de Matilda. Catarina deduz que Virgílio esteja com Amália. Afonso é ironizado pelo feitor da pedreira quando chega ao local. Diana confessa a Catarina que contou a Virgílio sobre o paradeiro de Amália. Rodolfo avisa aos conselheiros que Lucrécia não pode saber que eles estão falidos. Ístvan convida Glória para colher flores no bosque. Afonso encontra Constantino preso na pedreira. Virgílio fica apreensivo ao ser abordado por Delano e Catarina.

Catarina é vencida por Virgílio, que ameaça contar ao Conselho de Cália que a rainha fez de Augusto um prisioneiro. Catarina orienta Lucíola a ordenar que Delano invada a loja de Virgílio à procura da carta que comprova que Augusto é prisioneiro. Virgílio mente a Diana que não sabe onde Amália está. Afonso tenta ajudar um prisioneiro idoso e é repreendido pelo feitor. Afonso diz a Cássio que eles precisam fugir da pedreira. Catarina não admite que Rodolfo dê ao rei de Lastrilha o Vale de Laios, que era de sua família, em troca da captura de Afonso.

Glória confessa a Naná que ainda pensa em Osiel. Catarina avisa a Otávio que enviou uma carta ao conselho de Cália sobre a doação das terras à Lastrilha. Otávio alerta Rodolfo sobre a possibilidade de uma grave crise entre seus reinos. Saulo estranha o fato de Agnes adivinhar seu pensamento. Amália diz a Levi que preparará uma armadilha para Virgílio. Afonso descobre que Constantino tem privilégios na pedreira porque sempre vence as lutas entre os prisioneiros. Cássio se oferece para lutar contra Constantino. Augusto se surpreende ao ver Catarina.

Catarina disfarça sua comoção ao ver o pai debilitado. Afonso e Tiago cuidam de Cássio, machucado na briga contra Constantino. Selena pega um anel de Amália sem que Constância veja e dá para Agnes. Amália e Levi conseguem fugir do cativeiro, mas logo são capturados por Virgílio. Madre Benedita expulsa Lucrécia do coral. O Conselho de Cália decide que o Vale de Laios não poderá ser anexado ao território da Lastrilha. Constantino desafia Afonso a enfrentá-lo na arena. Catarina decide fazer uma visita a Afonso na pedreira, para que ele a veja como aliada.

Saulo descobre que Selena é uma feiticeira. Agnes apaga a memória de Saulo. Delano vê Virgílio dando dinheiro a Elói. Constantino provoca Afonso. Madre Benedita expulsa Lucrécia da congregação. Afonso entrega a Radamés uma carta que escreveu a Amália e pede para ser entregue na casa dos pais da feirante. Otávio avisa a Aires que eles ocuparão a região de Laios. Osiel visita Glória e Naná mente ao dizer que ela não está em casa. Romero avisa a Rodolfo que Otávio está movimentando suas tropas. Na luta com Constantino, Afonso leva vantagem.