Novela “Belíssima”: Vitória (Claudia Abreu) e Gilberto (Marcos Palmeira) planejam um encontro e saem para dançar. Eles são seguidos por capangas contratados pelo advogado de Bia (Fernanda Montenegro). O delegado sente desconfia que eles são vigiados, mas não se preocupa. Quando eles chegam de volta, na frente do restaurante de Vitória, uma rajada de balas os surpreendem.

Os bandidos disparam de dentro de outro automóvel. Gilberto e Vitória conseguem se proteger e os assassinos fogem. Gilberto investiga, captura os bandidos e descobre que eles foram contratados por Medeiros (Ítalo Rossi), e queriam matar Vitória. O delegado avisa a amada e ela fica chocada. Cena prevista para janeiro na Novela “Belíssima”.

Destaques
Novela “Belíssima”: Filha de Gilberto ronda a casa de Vitória

Novela “Belíssima”: Bia assume que mandou matar Vitória e voltou da Suíça por Sabina
Novela “Belíssima”: Pascoal vê beijo do novo delegado em Vitória
Novela “Belíssima”: delegado Gilberto chega para desvendar os crimes de André e Bia
Novela “Belíssima”: Bia usou Valdete para forjar a própria morte
Novela “Belíssima”: Vitória é a filha de Bia com Murat

Sinopse: Simpática, bem-sucedida e discreta, Júlia Assumpção é presidente da “Belíssima”, referência mundial no setor de roupas íntimas. Sua avó, Bia Falcão, a pressiona para se tornar parecida com a mãe, Stella Assumpção – que foi uma modelo bastante famosa, mito de beleza na década de 1960. Fundadora da marca Belíssima, Stella morreu em um acidente de avião junto com seu marido, deixando órfãos Júlia e Pedro. Desde então, Bia Falcão se tornou responsável pelos dois, tendo-os criado. Até hoje tenta controlar a vida deles. Em casa, Júlia só encontra apoio no tio, Argemiro Falcão, vulgo Gigi, e na governanta, Matilde. Bia faz de tudo para Júlia se sentir culpada pela morte dos pais.

A vilã fará de tudo para acabar com os romances de Pedro com Vitória, uma ex- menina de rua que ele escolheu para ser sua esposa, com quem tem uma filha, e Vitória será perseguida pela vilã durante toda a trama, porém, sem perder a fibra e a coragem; e de Júlia com André Santana. Este, apesar de não parecer inicialmente, é um grande e terrível vilão, diabólico e ambicioso, que almeja ser dono da Belíssima em conjunto com seu pai, Aquilino Santana, o seu Quiqui, que aparenta ser um bom velhinho, mas é, na verdade, um bandido da pior espécie, ex-matador de aluguel. André vai se envolver com Júlia e com a filha de Júlia, Érica, uma mulher fútil e perversa como a bisavó Bia Falcão. Érica é aspirante a modelo.