Novela “Apocalipse” resumo 14/03: Joice é baleada e Dylan se desespera

Novela “Apocalipse” resumo 14/03: no capitulo 082(*) da novela “Apocalipse”, quarta-feira, 14 de março, Débora vê Luca dormindo com o roupão de Adriano e fica satisfeita. Estela se estressa com o jeito de Henrique. Uri tenta consolar Benjamin. Soraya ajuda na recuperação de Zoe. Dudu chama Henrique para depor. As Duas Testemunhas do Apocalipse observam Ricardo. Brenda usa Wallace para tentar fazer ciúmes em André. Glória fica preocupada com a viagem que Vittorio fará. Zoe lembra dos pais e faz uma oração. César e Guido interrogam Henrique. Ricardo reúne duas lideranças religiosas para uma reunião. Felipe sugere que Estela leia a bíblia para buscar conforto. Henrique se desentende com Gláucia, que o acusa na frente de César e Guido. Todos ficam na expectativa do encontro entre Ricardo e os líderes árabes e judeus.

Arthur manda os jornalistas ficarem de olho no encontro. Dylan e Joice seguem para a loja de Gideon. Alan fica satisfeito ao saber que Isabela foi pedida em namoro por Ricardo. Noah fica preocupado com a movimentação na cidade. Moisés e Elias se aproximam. Joice e Dylan seguem procurando Gideon. Ricardo não se entende com os líderes e ordena que Ariela siga com o plano. Dois motoqueiros chegam armados ao local da reunião e atira contra os dois líderes religiosos, que caem mortos. Um tumulto se inicia. Joice acaba sendo baleada e Dylan se desespera. Ricardo observa o cenário de caos e sorri discretamente.

Novela “Apocalipse”: resumo dos próximos capítulos

(*) edição da Rede Record, Novela “Apocalipse”, sujeito a alteração de data e conteúdo.

Sinopse – a trama apocalíptica narra os acontecimentos dos dias atuais. Os personagens, portanto, acabam assistindo às profecias bíblicas se cumprindo inclusive com a chegada do anticristo Ricardo, que lutará para dominar o mundo. No decorrer, Ricardo vai se empoderar de descobertas científicas de Benjamin, que se tornou um grande cientista e casou-se com Zoe. Pessoas do passado que cometeram atos terríveis podem surpreender o público ao aceitarem a Cristo, enquanto cristãos “mornos” preferem adorar ao diabo.