Pós-doutorado em Neurociência com Bolsa da FAPESP

Agência FAPESP – A FAPESP oferece bolsa de pós-doutorado na Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da USP, para o Projeto Temático “Estudo da conectividade da circuitaria meso-cortico-límbica em animais submetidos a Status epilepticus durante o desenvolvimento e sua relação com comorbidades psiquiátricas”. O prazo de inscrição termina em 15 de dezembro de 2017.

O candidato selecionado desenvolverá um estudo para avaliar mudanças na comunicação entre o hipocampo, o córtex pré-frontal medial (mPFC) e a área tegmental ventral (VTA) após status epilepticus induzido por pilocarpina em ratos neonatos, e se essas mudanças se refletem em alterações comportamentais interictais comparáveis às comorbidades psiquiátricas da epilepsia.

O bolsista terá acesso aos sistemas de optogenética/eletrofisiologia comerciais (Plexon) ou de código aberto (Open Ephys). Ele também terá a possibilidade de estudos translacionais com avaliação do tecido cerebral humano e dados de eletroencefalografia de pacientes com epilepsia.

O candidato deve ter doutorado em Neurociência ou equivalente, com tese em Eletrofisiologia. São exigidos: conhecimento de programação em pelo menos Python, C/ C++ ou Matlab; publicações que demonstrem experiência em modelos animais de epilepsia, uso de camundongos transgênicos e análise computacional de séries temporais neurais; forte histórico de publicação de artigos em revistas internacionais; proficiência em inglês; experiência em eletrofisiologia e optogenética; conhecimento básico em eletrônica e experiência com ferramentas de código aberto.

Os interessados pela vaga deverão enviar Currículo Lattes e duas cartas de recomendação de supervisores anteriores para o e-mail do professor coordenador do projeto, João Pereira Leite ( jpleite@fmrp.usp.br).

Mais informações sobre a vaga disponíveis em fapesp.br/oportunidades/1841.

A vaga está aberta a brasileiros e estrangeiros. O selecionado receberá Bolsa de Pós-Doutorado da FAPESP no valor de R$ 7.174,80 mensais e Reserva Técnica. A Reserva Técnica de Bolsa de PD equivale a 15% do valor anual da bolsa e tem o objetivo de atender a despesas imprevistas e diretamente relacionadas à atividade de pesquisa.

Caso o bolsista de PD resida em domicílio diferente e precise se mudar para a cidade onde se localiza a instituição-sede da pesquisa, poderá ter direito a um Auxílio-Instalação. Mais informações sobre a Bolsa de Pós-Doutorado da FAPESP estão disponíveis em fapesp.br/bolsas/pd.

Outras vagas de bolsas, em diversas áreas do conhecimento, estão no site FAPESP-Oportunidades, em fapesp.br/oportunidades.