Brasileiros estão mais otimistas em relação à queda da inflação, diz CNI

O consumidor está mais otimista em relação à expectativa de diminuição da inflação nos próximos seis meses. É o que revela o Índice Nacional de Expectativa do Consumidor, divulgado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). Depois da queda de 2,3% em março, o índice aumentou 1,4% em abril e atingiu 103,4 pontos. Quanto maior o índice, maior é o número de pessoas que esperam a queda da inflação.

O resultado ficou 6,1% acima do verificado em abril do ano passado, quando foi de 97,5 pontos. Mesmo com o aumento, o indicador continua abaixo da média histórica, iniciada em março de 2001, que é de 108,6 pontos.

De acordo com a CNI, o crescimento é resultado da melhora da perspectiva dos brasileiros em relação à inflação, ao emprego, à renda pessoal, ao endividamento e à situação financeira. “Melhoraram, especialmente, as perspectivas sobre a evolução dos preços”, diz nota da confederação.

Segundo a entidade, o consumidor, no entanto, continua cauteloso na hora de comprar bens de maior valor, como eletrodomésticos e móveis. O indicador em abril registrou recuo: a queda na comparação com março foi de 1,7% e, em relação a março de 2016, alcançou 2,1%.

O Índice Nacional de Expectativa do Consumidor da CNI, feito em parceria com o Ibope, ouviu 2.002 pessoas em 143 municípios entre os dias 7 e 11 de abril.

Da Agência Brasil
Edição: Kleber Sampaio
20/04/2017