BIOTA-FAPESP lança nova chamada de propostas

Agência FAPESP – O Programa de Pesquisas em Caracterização, Conservação, Recuperação e Uso Sustentável da Biodiversidade do Estado de São Paulo (BIOTA-FAPESP) anuncia o lançamento de uma chamada de propostas para apoiar projetos de pesquisa apresentados por pesquisadores de instituições de ensino superior e de pesquisa, públicas ou privadas, no Estado de São Paulo, em caracterização biológica, avaliação de riscos e danos, prevenção e controle de espécies invasoras.

A chamada tem como objetivo a articulação de atividades de pesquisa e desenvolvimento para promover o avanço do conhecimento nas áreas relacionadas ao tema das espécies de natureza invasora e dos processos de invasão biológica, identificado como prioritário no Science Plan and Strategies for the next decade.

Publicidade

O foco da chamada inclui os seguintes tópicos:

a) diagnóstico e avaliação de ações e formas de influência humana na promoção de processos de invasão biológica;
b) previsão da potencialidade de espécies em se tornarem invasoras, bem como da ocorrência de processos de invasão biológica e suas consequências ambientais, econômicas ou sociais;
c) diagnóstico e caracterização de espécies de natureza invasora e de seus vetores, compreendendo organismos pertencentes a quaisquer táxons e ambientes;
d) diagnóstico e caracterização de processos de invasão biológica em quaisquer sistemas naturais ou antrópicos, terrestres ou aquáticos;
e) caracterização das dinâmicas de comunidades invadidas e processos ecológicos decorrentes de invasões biológicas;
f) diagnóstico e caracterização dos impactos e mecanismos de degradação de habitats associados a espécies de natureza invasora;
g) avaliação de custos ambientais, econômicos e sociais derivados de processos de invasão biológica e de sua prevenção e controle;
h) desenvolvimento de estratégias e ações para análise de risco, prevenção, controle ou erradicação de espécies de natureza invasora, incluindo formas de controlar o fluxo das espécies potencialmente invasoras, o planejamento do espaço físico, o manejo de espécies, comunidades e de ecossistemas;
i) desenvolvimento de estratégias e técnicas de restauração/recuperação de áreas impactadas por invasões biológicas;
j) formação de recursos humanos capacitados para a prevenção, detecção e manejo de espécies de natureza invasora.

Publicidade

As propostas podem ser apresentadas em uma das seguintes linhas de fomento da FAPESP: Auxílio Regular à Pesquisa, Projeto Temático e Programa Jovem Pesquisador em Centros Emergentes.

Para o edital estão reservados R$ 5 milhões, sendo R$ 2 milhões para Projeto Temático (até três propostas aprovadas), R$ 2 milhões para Jovens Pesquisadores (até quatro propostas aprovadas) e R$ 1 milhão para Auxílios Regulares (até cinco propostas aprovadas).

As durações das propostas submetidas poderão ser de até 24 meses para Auxílio Regular à Pesquisa, de até 48 meses para Jovens Pesquisadores e de até 60 meses para Temáticos.

As propostas serão recebidas pela FAPESP até o dia 9 de maio de 2014.

A chamada está disponível em: www.fapesp.br/8481.

Publicidade