Posição do sol influencia a decisão de compra do imóvel

Preço, bairro, tipo, tamanho e preço são alguns aspectos que o consumidor leva em consideração na hora de comprar um imóvel. Mas há outros fatores que o cliente também avalia no processo de decisão. A posição do imóvel em relação ao sol e o modo como recebe os raios solares, por exemplo, influenciam questões pessoais, de conforto e saúde, assim como contribuem para a sua valorização. Portanto, essas informações ganham importância como argumento de venda, espaço em anúncios e nas plantas dos empreendimentos – se for o caso.

Norte ou Sul? De acordo com o diretor de Comercialização e Marketing do Secovi-SP (Sindicato da Habitação) e da Rede Secovi de Imóveis, Luiz Fernando Gambi, a face Norte permite melhor incidência de raios solares nos ambientes e diferença de valor de planta com essas vantagens pode chegar a 10%.

O interesse por empreendimentos localizados na frente Norte é maior no Hemisfério Sul, abaixo da linha do Equador, em zonas pouco tropicais. “Quanto mais para o Sul, maior o interesse por este ângulo”, explica. A preferência se concentra em imóveis com maior ação da luz do sol nos dormitórios e na sala de estar no período da manhã.

“Para quem prioriza a entrada de raios solares, antes de comprar é importante verificar a planta do imóvel”, aconselha Gambi. Janelas voltadas para o lado Norte permitem a manutenção do calor e iluminação do imóvel será melhor. Além de conforto e economia de gastos com luz, esse ângulo proporciona uma série de benefícios, pois garante sol na casa durante todo o dia.

Imóveis voltados para a face Sul podem ser frios, escuros e apresentar os problemas que a falta de luz e calor pode ocasionar, como mofo, umidade e dificuldade no desenvolvimento de plantas. Sem contar os transtornos para aqueles que sofrem de problemas respiratórios.

Mas nem sempre pagar mais caro pela face Norte significa um bom negócio. Às vezes, o imóvel voltado para a face Sul pode ser a melhor opção. Segundo Luiz Fernando Gambi, não adianta investir mais em um empreendimento que oferece o lado Norte, se existe um enorme prédio à frente, bloqueando a entrada dos raios solares. “Há casos em que as pessoas espalham cortinas e tapetes isolantes pela casa e impedem que o calor do sol seja absorvido. Em situações em que o apartamento está em um andar baixo e em uma vila cheia de edifícios, a probabilidade que o sol entre também é pequena.”

Fique por dentro

• Em empreendimentos isolados, com iluminação de todos os ângulos, decida por aquele em que os cômodos de maior permanência da casa estejam a favor do sol.

•Se a ideia é comprar um terreno mais em conta e voltado para a face Sul, o conselho é buscar orientação de engenheiros e arquitetos, que irão dirigir um projeto adequado para manter o sol ao seu favor.

• Para moradores de regiões mais quentes, que queiram proteger os ambientes da incidência da luz do sol e do forte calor, é interessante priorizar projetos que ampliem o caimento dos telhados do imóvel, fazendo mais sombra.