Previsão da meteorologia para outubro em todas as regiões do país

De acordo com os meteorologistas da SOMAR, outubro segue com as condições típicas de uma primavera sob efeito de La Niña. Mas como isso influencia cada Região do país? No Sul, com menos chuva e sem tanto calor, se comparado ao ano passado. Lembrando que 2009 foi caracterizado pelos fortes temporais na Região, em especial no Rio Grande do Sul, onde foram registrados vários transtornos. Este ano, sob efeito do fenômeno La Niña, também há previsão de temporais, mas a frequência será menor. “Aliás, a previsão indica até mesmo uma condição de chuva abaixo da média na Região de um modo geral”, diz o meteorologista Marcio Custódio.

No Sudeste, a primavera é caracterizada pelo gradual retorno do calor das tardes e também pela volta da chuva, mas nessa primavera não devemos esperar nem tanta chuva nem tanto calor à tarde. Neste mês e ao longo da estação podemos ter os temporais típicos da primavera (como já tivemos nos últimos dias), mas estes devem ser menos frequentes, quando comparamos com um ano de El Niño, como foi em 2009. Em termos de temperatura, lembramos que a última primavera foi bem quente, principalmente durante as tardes. Já este ano, a previsão indica poucas ondas de calor ao longo desse mês de outubro.

No Centro-Oeste, a chuva ainda deve ser bem irregular ao longo de outubro. Normalmente, nessa época a chuva já ocorre de forma mais regular, mas como estamos sob La Niña, essa chuva atrasa um pouco na Região. “Irregularidade significativa que pode chover em uma cidade e outra não, ou podemos ter um volume de chuva bom para a agricultora em uma Fazenda, mas em outra não”, alerta o meteorologista.

No Nordeste, outubro deve ser de muito sol e calor em grande parte da Região. A chuva deve voltar ainda de forma muito irregular para a Bahia e sul dos Estados do Piauí e Maranhão.

No Norte, a umidade retorna aos poucos, mas também com pancadas de chuva muito irregulares ao longo do mês.