Enem 2011: questionário traça perfil de quem faz o exame

Enem 2011: o questionário socioeconômico é um instrumento importante para possibilitar as oportunidades de inclusão social do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Assim como no ano passado, o questionário está integrado ao sistema de inscrição do exame. Ou seja, para realizar a inscrição, será necessário respondê-lo integralmente, mas isso não exigirá muito tempo do participante. Todo o formulário é respondido em no máximo cinco minutos.
Os interessados em realizar a prova Enem 2011 para testar seus conhecimentos ou prosseguir com os estudos no ensino superior responderão um grupo de até 22 questões – algumas dependem da resposta anterior para serem mostradas pelo sistema. O participante que desejar a certificação do ensino médio responderá essas perguntas e mais sete questões, no máximo – o número também varia conforme a resposta anterior.

O questionário socioeconômico é utilizado desde a primeira edição do Enem, em 1998. Até 2009, os participantes respondiam a versão impressa do formulário, recebida via correios juntamente com as demais informações da prova. A entrega era feita no dia de realização do exame. Caso o participante esquecesse, havia a possibilidade de enviar o formulário posteriormente, o que retardava o processo de coleta das informações.

As informações prestadas no questionário socioeconômico Enem 2011 são fundamentais para traçar um perfil mais preciso dos participantes do Enem. As declarações possibilitam ainda o desenvolvimento e a implementação de políticas públicas para melhorar a educação no país.

Assessoria de Imprensa do Inep

Saiba mais sobre o questionário