O ET do SBT, Cláudio Chirinian, morreu nesta manhã (02/02)

ET  (Claudio Chirinian) ficou famoso ao lado de Rodolfo nos programas da emissora SBT nos anos 90. Com ET, Rodolfo gravou um CD com músicas humorísticas que vendeu mais de 250 mil cópias. Rodolfo começou a carreira como repórter na Rádio Cruzeiro, no município de Cruzeiro. Posteriormente, foi assistente do apresentador Ratinho no programa 190 Urgente, na CNT/Gazeta. Juntamente com o apresentador, transferiu-se para a Rede Record em 1997, onde tornou-se conhecido nacionalmente quando compôs uma dupla humorística ET & Rodolfo no programa Ratinho Livre. O sucesso da dupla fez Rodolfo e seu parceiro serem contratado pelo SBT em fevereiro de 1998, para trabalharem no programa Domingo Legal. No programa, a dupla possuía um quadro fixo, onde acordavam artistas, incluindo várias tentativas frustradas de acordar o próprio dono do SBT, Sílvio Santos. 

O SBT lamenta a morte de Cláudio Chirinian. O humorista faleceu na madrugada desta terça, 2 de fevereiro, aos 46 anos por uma parada cardíaca em decorrência de choque séptico, broncopneumonia e insuficiência renal. 

Cláudio sofria de problemas cardíacos, além de pulmonares devido ao tabagismo, e estava em coma induzido desde a última quinta, 28 de janeiro, no hospital Beneficência Portuguesa, em São Paulo.

O humorista ficou conhecido por seu personagem ET, ao lado de Rodolfo, nos programas “Ratinho Livre”, “Domingo Legal”, além de participações especiais em outros programas da emissora, como o “Programa Silvio Santos”, onde gravou câmeras escondidas.

SBT – ET Cláudio Chirinian