Segundo a Climatempo, Belo Horizonte terá sol e pancadas de chuva até o domingo

sateliteClimatempo – Depois de registrar na quarta-feira, 26, a tarde mais fria do ano até agora, o dia amanheceu com sol e muita nebulosidade em Belo Horizonte nesta quinta-feira, segundo a Climatempo. Até á noite podem ocorrer pancadas de chuva a qualquer hora. Na sexta-feira e no sábado, o sol aparece no meio de muitas nuvens, mas não há previsão de chuva na capital mineira. O ar seco perde força nos próximos dias sobre o norte de Minas Gerais e no sábado a nebulosidade aumenta e provoca pancadas de chuva sobre o Vale do Jequitinhonha e Rio Doce.

A quinta-feira amanheceu chuvosa em Vitória e ao longo do dia chove a qualquer hora. Amanhã, o sol reaparece no Espírito Santo, mas pelo menos até o domingo os capixabas vão conviver com pancadas de chuva.

Chuva e céu nublado em Belo Horizonte e Vitória

A tarde desta última quarta-feira foi a mais fria do ano, até agora, em Vitória, capital do Espírito Santo, e também em Belo Horizonte, capital de Minas Gerais. As duas cidades sentiram o efeito da chuva e do céu nublado provocados por uma frente fria que ainda está próxima ao litoral capixaba. O vento frio, de origem polar, também colaborou para manter a temperatura baixa o dia todo.

Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia, a temperatura máxima em Vitória foi de 21,6ºC. O dia foi marcado por chuva fraca e persistente. Em algumas áreas da cidade choveu 35 milímetros, entre 3 horas da tarde de terça-feira e 3 horas da tarde desta última quarta-feira, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia. Para agosto, esta quantidade de chuva é bastante elevada, pois a média para o mês é de 55 milímetros.
Em Belo Horizonte, a temperatura registrada às 3 horas da tarde desta última quarta-feira foi de apenas 19,9ºC. Depois de um julho muito quente e seco, voltou a chover na capital mineira por conta desta frente fria que mudou o tempo em toda a Região Sudeste. Agosto é um mês de seca, mas só esta frente fria provocou 23 milímetros na cidade. A média de chuva para a agosto é de aproximadamente 14 milímetros.

Esta frente fria também provocou muita chuva na região de Caparão, na divisa de Minas Gerais com o Espírito Santo. O Instituto Nacional de Meteorologia registrou 22 milímetros entre 9 horas de terça-feira e 9 horas desta última quarta-feira. A média de chuva para agosto é de 29 milímetros. A chuva de agosto já supera a média em muitas áreas do sul mineiro e da região do Triângulo. Como em Belo Horizonte, por ser um mês normalmente de seca, os valores médios normais de chuva são baixos e em geral não passam de 30 milímetros.

Sobre o Grupo Climatempo

O Grupo Climatempo é a maior empresa privada de meteorologia do país. Uma holding formada pela Climatempo Consultoria, Agência Climatempo, a TV Climatempo e a CLIMANET (Internet, serviços de tecnologia e informática). Atualmente, o Grupo Climatempo fornece conteúdo para os principais portais do país, mais de 50 retransmissoras de televisão do Brasil, rádios e tem cerca de mil clientes. Os dois principais segmentos atendidos são o de agronegócios e meios de comunicação. Além destes, fornece conteúdo meteorológico estratégico para produtoras, a indústria eletroeletrônica e têxtil, comércio, moda e turismo, construção civil, setor de energia, entre outros setores.

O Grupo é presidido pelo meteorologista Carlos Magno, um dos primeiros comunicadores da profissão no País, com mais de 23 anos de carreira, que ajudou a mudar a cultura que o brasileiro tinha sobre a meteorologia. O Grupo Climatempo conta ainda com Ana Lúcia Frony vice-presidente, Renato Urbinder, sócio-diretor (Diretor de Negócios e Projetos Especiais), e os diretores executivos Gilca Palma (Climatempo Meteorologia), André Madeira (Agência Climatempo) e o jornalista Paulo Polli (TV Climatempo) no Conselho Consultivo.